6 Filmes de terror que te assustaram nos anos 80 e 90

Você lembra das noites mal dormidas após assistir aquele filme aterrorizador? Pois é. Nos anos 80 e 90 alguns desses filmes fizeram muito sucesso e mexeram com o imaginário das crianças. São clássicos de uma era de ouro para os filmes de suspense e terror e que hoje em dia, não assusta mais ninguém. Confira:


A Hora do Pesadelo


Quem não lembra de Freddy Krueger? Ah, como era ruim dormir depois de ver um filme desse cara. O camarada de chapéu e garras afiadas era um dos mais temidos das telas: perverso, aterrorizava todos os personagens no ambiente fantasmagórico de seus sonhos, onde é ele quem dita as regras e a única saída da vítima é acordar do pesadelo.

Suas gargalhadas sinistras e sarcásticas era mais um dos ingredientes do terror do personagem. A musica sinistra cantada pela pequena garota e o velho triciclo que apareciam nas cenas ajudavam a compor o o cenário quase que apocalíptico.


No "nosso mundo", muitas crianças e jovens sem querer dormir, com insonia e se tremendo embaixo dos lençóis imaginando que Freddy pudesse surgir a qualquer momento. Sono?? Será que alguém dormia como esse vilão à solta??


Freddy com suas lâminas assassinas mexeu com a imaginação de muitas pessoas.

Sexta Feira 13


Crescemos com a crença de que a toda sexta feira 13 é um dia azarado, onde muitas coisas ruins podem acontecer conosco. Agora imaginar que um garoto, supostamente morto afogado ressuscita e começa a matar pessoas nessa data, dava calafrios e asas para a imaginação de muita gente. Esse era o temível Jason com sua máscara macabra e diversas formas de matar. 

O suspense era intenso: Jason era uma algoz frio que perseguia suas vitimas que, em vão, lutavam para sobreviver fazendo muito marmanjo se desesperar na poltrona. Junto ao caos uma música de terror fazia um ruído que mais parecia a "voz do Jason" e era sinal de carnificina. Depois de tomar vários sustos nas cenas dos filmes, adormecer era tarefa difícil.

Figura forte e macabra, Jason causava espanto na galera.

Um Lobisomem Americano em Londres


Um outro filme que causou muita assombração durante as noites mal dormidas. O monstro em que David Kessler se tornou depois de ser mordido por uma criatura desconhecida na Inglaterra foi o terror do inicio dos anos 1980. As cenas do ataque da fera e a aparência macabra era bastante temida. 

Tá bom, lobisomem é folclore e tal, mas a verdade é que esse ser fantástico sempre esteve em nosso imaginário, e quando se é criança tudo pode acontecer. Então, depois de assistir a esse filme de horror, não era difícil ficar olhando para o escuro e "ver" algo que lembrasse a terrível criatura peluda. Qualquer móvel facilmente se transformava na silhueta do animal. Realmente, era de dar calafrios!

A criatura mistica do lobisomem demorou pra sair da mente de muita gente.


O Cemitério Maldito


Crianças tristes enterram animais mortos num cemitério de índios. Este filme trouxe à tona medos jamais presenciados antes. 

Imaginar que o seu quintal podia ser invadido por seres mortos vivos que rondavam sua casa era o terror de quem dormia sozinho. Quem tinha um gato como animal de estimação ficou olhando para o bichano bem cismado. Quantos gatinhos não foram colocados para fora do quarto ou até de casa?  
Qualquer barulho lá fora era motivo de pânico. Imagine então ouvir ou imaginar choros de crianças?  E nossa mente adora alimentar esses sons. 

Realmente era assustador!
;
Zelda e sua aparência cadavérica. Assustadora!

Brinquedo Assassino


Um boneco aparentemente inocente começa a matar pessoas. Esse era Chuck, um boneco com alma de serial killer que barbarizou e mente da gurizada. Muitas vezes se passava de bonzinho para não despertar suspeitas e atacava na surdina,quando suas vitimas menos esperavam.

As cenas do boneco perverso eram cheias de horror e não era difícil desconfiar dos nossos brinquedos da vida real. Aquele olhar sinistro e aquela caminhada manca alimentava nossas idéias. Simplesmente inquietante.

Chucky, o brinquedo assassino.
.
Colheita Maldita

Isaac Chroner é um garoto misterioso que exerce uma espécie de liderança sobre outros moleques. Ele vive em Gatlin, uma cidade abandonada onde seus comandados, a seu pedido, devem matar pessoas adultas para usar o sangue deles como ritual para uma colheita. 

Eles acabam encurralando um casal que precisa driblar os ataques das crianças assassinas se quiserem sobreviver. 

As cenas no milharal e o espantalho tenebroso comandavam o suspense, capaz de impedir qualquer garoto da vida real de entrar em um terreno com plantas às escuras. Durante as noites, as aparições da molecada perversa flutuavam na imaginação de qualquer "criança comum".

Issac Chroner e sua turma de crianças assassinas.