Clube da Luta terá sequência lançada em 2015


“A sua vida é tão vazia que você não consegue nem pensar em um outro jeito de gastar seu tempo? Você lê tudo que deveria ler? Você pensa exatamente tudo que te mandam pensar? Compra o que você deveria comprar? Saia do seu apartamento. Encontre uma pessoa do sexo oposto. Pare com a compra e a masturbação excessiva. Peça demissão. Comece uma luta. Prove que você está vivo. Se você não for atrás da sua humanidade, você vira uma estatística” (Tyler Durden, Clube da Luta).

Essa frase ai acima resume bem o filme Clube da luta, que fez milhares de fãs, um deles sou eu. Pois o autor do livro, Chuck Palahniuk, afirmou que o longa Clube da Luta terá sequência lançada em 2015. A nova história de Tyler Durde terá o formato graphic novel. Na sequência, 10 anos se passaram desde os eventos do primeiro livro.

O narrador – ou Jack, como é chamado o personagem não nomeado de Edward Norton – está casado com Marla e ambos estão entediados. “A história é contada do ponto de vista de Tyler, que está escondido dentro de Jack, esperando pra voltar. Quando o filho dos dois é sequestrado por Tyler, Jack é obrigado a voltar para o mundo de caos e autodestruição novamente”, contou.
Agora é só torcer para que o diretor David Fincher e os atores Brad Pitt e Edward Norton voltem na sequência cinematográfica.

Chuck Palahniuk escreveu Clube da Luta em 1996. O autor, que acumula 12 livros no currículo, conta com personagens tradicionalmente marginalizadas pela sociedade, agressivos e autodestrutivos. As narrativas começam pelo fim cronológico e trazem boas reviravoltas. “Claro que será obscuro e bagunçado”, adianta o Chuck.

Veja o trailer do filme lançado em 1999:


O filme também ficou conhecido pelas famosas "Regras do Clube da Luta" e das muitas frases prontas utilizadas pelos atores. Veja algumas delas:

1. A primeira regra do Clube da Luta é: não se fala sobre o Clube da Luta;
2. Considere a possibilidade de que Deus não goste de você, nunca lhe quis e, provavelmente, te odeia;
3. A propaganda fez com que as pessoas buscassem carros e roupas que não precisam. Gerações trabalhando em empregos que odeiam, apenas para que possam comprar coisas que não precisam;
4. Não queira ser completo, nada de querer ser perfeito. Pare de tentar controlar tudo e deixe o barco correr;
5. A camisinha é o sapatinho de cristal da nossa geração. Você veste quando conhece um estranho, dança a noite toda e depois joga fora;
6. Somos uma geração sem peso na história, sem propósito ou lugar. Não tivemos uma guerra mundial, não temos uma grande depressão. Nossa guerra é espiritual, nossa depressão são nossas vidas;
7. Apenas dois caras em uma luta e a luta deve durar o quanto precisar;
8. As coisas que você possui acabam possuindo você. Você só é livre pra fazer o que realmente quer depois que perder tudo;
9. Fomos criados através da TV para acreditar que um dia seriamos milionários e estrelas de cinema. Mas não nos tornamos isso, estamos muito, muito putos e, aos poucos, tomamos consciência;
10. Somos uma geração de homens criados pelas mulheres. Eu me pergunto se outra mulher é a resposta que precisamos;
11. Tenho pena desses caras trancados no ginásio, tentando ficar do jeito estipulado por Calvin Klein ou Tommy Hilfilger;
12. Seu emprego não é o que você é, nem o quanto ganha ou quanto dinheiro tem no banco. Nem o carro que dirige, nem o que tem dentro da sua carteira. Você é uma merda ambulante do mundo;
13. Você pega gordura animal e deixa o sebo endurecer, quando o sebo endurece, você tira uma camada de glicerina, adiciona ácido nítrico e temos nitroglicerina. Com mais nitrato de sódio e serragem, você cria a dinamite caseira.

Maneiro não?

Fontes:
http://manualdohomemmoderno.com.br/comportamento/13-licoes-com-o-clube-da-luta
Google Imagens
Youtube