Absolute Towers: os gigantescos prédios gêmeos com formato retorcido

Prédios têm 149 e 169 metros e devem se tornar atração turística na cidade de Mississauga, no Canadá.


Depois de seis anos em construção, o escritório de arquitetura chinês MAD conclui neste mês as obras da Absolute Towers. Trata-se de dois gigantescos prédios gêmeos com formato retorcido, localizados na cidade de Mississauga, no Canadá.

As duas torres serão residenciais e possuem 149 e 169 metros de altura e o seu formato curioso deve transformar os prédios em atração turística na cidade canadense. 

“O conceito inicial da torre era muita simples, nós queríamos fazer algo orgânico, mas diferente. A ideia era construir algo mais natural e suave e não algo imponente que lembrasse apenas dinheiro e poder. Muitas cidades estão erguendo grandes prédios, mas eles são quadrados e nós pensamos em algo para mudar isso”, explicou Ma Yansong, fundador do escritório MAD.

Muita polêmica foi causada com a construção destes prédios, pois quando se olha a impressão é que irão desabar. O edifício leva a assinatura da MAD Architects e segundo seus arquitetos a justificativa para o design das torres é que “no lugar de um modernismo funcional, lógico e simples, o nosso design expressa a complexidade e as múltiplas necessidades da sociedade contemporânea. Esse prédio é mais do que somente uma máquina funcional, ele responde à importância de estar localizado na junção de duas grandes ruas, elegantemente ostentando seu status de marco arquitetônico e agindo como um portal para além da cidade”.

Design diferente chamam a atenção de que trafega pelas ruas.
As torres retorcidas mudaram o cenário arquitetônico da cidade.

Os moradores de Mississauga já batizaram as torres de “Marilyn Monroe” devido às suas curvas e a MAD Architects ganhou em 2012 o prêmio “Best TallBuildingsAmerica” do “CouncilonTallBuildingsandUrban Habitat” que premia os edifícios mais altos e criativos da América. 

Vista aérea das torres.

.
Fontes: http://www.tecmundo.com.br
http://www.ourolux.com.br