UB40 - A história da banda de reggae britânica


UB40 e sua primeira formação.

Este mês o post de homenagem vai para a Banda britânica de reggae e pop UB40, formada em 1978, na cidade de Birmingham. Ainda lembro de várias músicas da banda, que era curtida por muitos jovens, e que sempre estavam nas rádios pop do Brasil. 


Ainda hoje, a banda faz sucesso graças ao seu som de qualidade e pela "batida eletrônica" bem distribuída e harmoniosa com os instrumentos, e que sempre agrada quem escuta o seu ritmo dançante. 






A BANDA

O grupo surgiu em 1978 numa fila de Seguro Social Britânica e extraiu o seu nome das iniciais de um impresso do fundo de desemprego, designado por Unemployment Benefit 40 (Benefício de Desemprego). Sua formação multi-racial reflete o meio de onde emergiram os seus membros. 

Formado pelos irmãos Ali (voz e guitarra) e Robin Campbell (guitarra), Earl Falconer (baixo), Mickey Virtue (teclados), Brian Travers (saxofone), Jim Brown (bateria) e Norman Hassan (percussão), o UB40 popularizou ritmos jamaicanos entre os ingleses brancos de classe operária, agregando um forte caráter político-social. 

Os UB40.
O ÍNICIO

A história do UB40, e de como este grupo de jovens amigos de Birmingham transcendeu suas origens de classe trabalhadora para se tornar a banda de reggae do mundo mais bem sucedida, não é um contos de fadas como muitos poderiam imaginar. 

O grupo levou uma vida encantada em muitos aspectos, é verdade, mas tem sido um longo caminho desde os dias em que eles encontravam-se nos bares e clubes ao redor Moseley. A vida na região em que viviam não era tão simples, e muita gente deixava a escola cedo para trabalhar em uma das fábricas locais, como Robin Campbell fez. Mas o desemprego e a falta de grana também era grande. No verão de 1978 o núcleo da UB40 já começava a ensaiar em um porão local, inicialmente tocando covers de músicas de seus astros favoritos de reggae. 

O trajes elegantes são característicos do UB40.

Robin, irmão de Ali, Earl Falconer, Brian Travers e James Brown eram todos colegas da Escola de Arte de Moseley, enquanto Norman Hassan tinha sido um amigo de Ali desde a escola normal. 

Inicialmente, eles pensaram em si mesmos como uma banda de "jazz-dub-reggae". Foi neste meio tempo que Robin foi convencido a juntar-se ao grupo e logo depois eles recrutaram Michael Virtude e Astro que entendiam de sistemas de som. 

O grupo então tomou uma postura de ideais politicos simpatizante com à esquerda e forjou a sua identidade própria, que diferia dos demais estilos, pelo modo em que se trajavam. A posição politica da banda era fundamentada pelos seus integrantes que sempre participavam de passeatas contra a Frente Nacional e se faziam presentes em comícios organizados pelo Rock contra o Racismo.

TRAJETÓRIA

Em 1980 a banda é convidada por Chrissie Hynde, dos Pretenders, para apoiar seu grupo em uma turnê. O UB40 produz seu single de estréia, "King/Food For Thought", pela Graduate, selo local independente. Ele chega à 4ª posição na parada nacional de singles. O álbum de estréia do UB40, Signing Off, chega à segunda posição.

King/Food For Thought

No ano seguinte, a banda deixa a Graduate e cria seu próprio selo, Dep International. Seu segundo álbum, Present Arms, repete o sucesso do primeiro, chegando à segunda posição nas paradas. "One In Ten" torna-se seu quarto single top dez em um ano enquanto Present Arms In Dub é o primeiro álbum dub a entrar no Top 40 britânico.

"One In Ten" 

Em 1983Labour Of Love, uma homenagem aos artistas de reggae que inspiraram o UB40, deu a eles seu primeiro álbum número 1, que permaneceu nas paradas por 18 meses. O primeiro single do álbum, "Red Red Wine", é o primeiro single nº1 na Inglaterra em agosto. Cinco anos depois, ele também fica no topo das paradas americanas. Era a prova do que viria nos anos seguintes.

"Red Red Wine"- videoclipe

1985 - O cover do UB40 de "I Got You Babe" (Sonny & Cher), gravado como um dueto com Chrissie Hynde, dá à banda seu segundo single nº 1 em agosto.  

UB40 & Chrissie Hynde"I Got You Babe" na BBC1

1986 - O UB40 leva o reggae aos russos em outubro tornando-se um dos primeiros grupos do oeste a excursionar pela União Soviética. Seu show divisor de águas em Moscou é gravado e lançado no ano seguinte como UB40 CCCP.

1987 - The Best Of UB40 Volume 1 chega à terceira posição nas paradas inglesas de discos e permanece no Top 40 por mais de 2 anos e meio.

1988 - O grupo apresenta-se em junho com Chrissie Hynde no show 'Free Nelson Mandela', em Wembley. Outra colaboração em estúdio com a vocalista dos Pretenders, "Breakfast In Bed", do álbum UB40, dá à banda outro top dez.


1989 - Labour Of Love II gera os hits top dez "Kingston Town" e "Homely Girl".

"Kingston Town"

1993 - Promises And Lies torna-se o maior disco do grupo, vendendo incríveis 9 milhões de cópias mundialmente. O disco produz outro grande hit com "(I Can't Help) Falling In Love", que rende à banda seu terceiro nº 1 na Inglaterra e seu segundo líder de paradas nos EUA.

"(I Can't Help) Falling In Love"


1994 - O UB40 toca diante de públicos recorde, totalizando 250,000 na África do Sul.

1997 - A banda grava seu 12º álbum de estúdio, Guns In The Ghetto, na Jamaica.

1998 - O UB40 trabalha com astros modernos do jazz, incluindo Beenie Man e Lady Saw, no disco The Dancehall Album, e lança o terceiro volume de Labour Of Love, álbum com outro single top dez em "Come Back Darling".

"Come Back Darling".

1999 - O UB40 toca para um público televisivo de um bilhão na Índia, e no ano 2000 a banda completa a turnê européia Night Of The Proms com Chrissie Hynde, Coolio, Alessandro Saffina e ainda uma orquestra e coral de 120 integrantes.

2001 - A banda lança um novo álbum de estúdio, Cover Up, e marca o 21º aniversário de "Signing Off", seu primeiro long-player, com uma turnê britânica e um show comemorativo de aniversário no NEC em Birmingham, cuja arrecadação é doada para a Campanha Contra a AIDS das Nações Unidas. No ano seguinte, a banda lança o disco The Fathers Of Reggae com muitos convidados, incluindo Gregory Isaacs Ken Boothe, Mighty Diamonds e John Holt cantando as músicas do UB40, junto ao grupo. Depois das históricas visitas à URSS e África do Sul, o UB40 faz outro show marcante, desta vez em um festival para a paz em Colombo, capital do Sri Lanka.

2003 - A banda recebe um prêmio Ivor Novello por Realizações Internacionais e assegura um álbum top 10 com The Platinum Collection, box triplo com toda a série Labour Of Love. Seu 22º álbum, Homegrown, inclui "Swing Low", música oficial da vitoriosa campanha do time inglês de rugby na Copa do Mundo de Rugby em 2003, na Austrália. A música torna-se o 49º single da banda nas paradas inglesas. As únicas bandas com mais hits são The Shadows, Status Quo e Queen. 

"Swing Low"

2004 - A banda faz a turnê de Homegrown pelo mundo e finaliza um aclamado DVD ao vivo, Homegrown In Holland. Ela volta a Birmingham e começa a trabalhar no novo álbum, produzindo-o de maneira tradicional como uma banda de oito integrantes tocando juntos no estúdio.

2005 - No 25º aniversário de seu primeiro single e álbum, o UB40 lança seu 23º disco, Who You Fighting For. Eles também juntam-se a Eric Clapton para seu primeiro show no Royal Albert Hall, em benefício do fundo Teenage Cancer. E enquanto se preparam para mais shows, permanecem a mesma gangue de oito amigos responsáveis pela criação do grupo há 27 anos.

UB40 com Maxi Priest.

Em 2008, Ali Campbell abandonou os UB40, depois de 28 anos como vocalista da banda britânica. De acordo com Campbell, sua saída foi motivada por "diferenças irreconciliáveis". Já os membros remanescentes alegaram que o cantor saiu cuidar de sua carreira solo.

Na ocasião, o vocalista disse que a decisão não foi nada fácil, e que resultou de um processo muito doloroso. O londrino Maxi Priest assumiu os vocais no mesmo ano e tinha como experiência 20 anos de carreira nas costas e mais de dez álbuns lançados. 




Fontes:
youtube.com
palcoprincipal.sapo.pt
www.ub40.co.uk
pt.wikipedia.org 
omelete.uol.com.br