Robôs podem ser usados na recuperação da usina nuclear de Fukushima

A árdua rotina dos robôs que tentam recuperara usina nuclear de Fukushima 


Em março do ano passado, um terremoto, seguido de um tsunami, atingiu o Japão. Entre os estragos causados pelo incidente, a usina nuclear de Fukushima foi um dos locais mais afetados – ocasionando uma série de problemas, como o vazamento de material radioativo na atmosfera e a contaminação da água, também por resíduos nucleares.

A catástrofe gerou pânico online e dificuldades para a indústria. Embora tenha dispensado robôs no conserto da usina em um primeiro momento, a empresa responsável pela planta parece ter voltado atrás em sua decisão.


Conforme publicação do site IEEE Spectrum, um funcionário anônimo dessa companhia criou um blog mostrando a rotina de treinamento de operadores e robôs que seriam usados para recuperar as instalações da usina destruída. Como você pode conferir no vídeo acima, as máquinas são capazes de subir e descer escadas, abrir portas e até carregar uma pessoa.

Todos os comandos são realizados à distância por técnicos que utilizam controles muito parecidos com os de video games. Depois de algum tempo, o blog foi retirado do ar inesperadamente.


Fonte: http://www.tecmundo.com.br