Os ataques de 11 de Setembro - 13 anos



Um dos dias mais fatídicos e tenebrosos da história da humanidade. O dia em que muitas pessoas inocentes pereceram sob os olhares de milhares de pessoas presentes no local e ao redor do mundo, através das câmeras de TV's , que filmaram a tragédia praticamente em tempo real. Os mortos nos episódios daquele terrível dia pagaram um preço que não era deles.

O preço da guerra entre interesses políticos concebidos por idéias de superioridade e de rancor. Ideologias que ceifaram as vidas de quem estava nas aeronaves, nas torres ou tentando salvar vidas...

*****

Era manhã do dia 11 de setembro de 2001. Parecia mais um dia normal para os americanos. Na manhã daquele dia, 19 terroristas da Al-Qaeda, grupo terrorista até então liderados por Osama Bin Laden, sequestraram quatro aviões comerciais a jato de passageiros. Os sequestradores intencionalmente bateram dois dos aviões contra as Torres Gêmeas do World Trade Center em Nova Iorque, matando todos a bordo e muitos dos que trabalhavam nos edifícios. A potência do choque do avião com as torres destruíram andares completos e, sem acesso às escadas de emergência, centenas de pessoas se desesperaram para saírem daquele cenário de horror. Muitos correram para o topo das torres e alguns, completamente encurralados pelo intenso calor, pularam de centenas de metros de altura em atos desesperados de sobrevivência.

Após queimarem em chamas num verdadeiro inferno por cerca de duas horas, ambos os prédios desmoronaram, matando centenas de bombeiros e socorristas, destruindo construções vizinhas e causando outros gigantescos danos no local. Muitos desses episódios foram filmados e transmitidos ao vivo para o mundo todo.

O terceiro avião de passageiros caiu contra o Pentágono, em Arlington, Virgínia, nos arredores de Washington, D.C. O quarto avião caiu em um campo próximo de Shanksville, na Pensilvânia, depois que alguns de seus passageiros e tripulantes tentaram retomar o controle do avião, que os sequestradores tinham reencaminhado para Washington, D.C. Esse episódio foi considerado um ato heróico muito louvado pelas autoridades. Não houve sobreviventes em qualquer um dos voos.

O número total de mortos nos ataques foi de aproximadamente 3.000 pessoas, incluindo os 19 sequestradores. A esmagadora maioria das vítimas eram civis, incluindo cidadãos de mais de 70 países. Veja este vídeo, reconstituindo o que aconteceu naquele dia fatídico:




Esse foi o 11 de setembro de 2001, o ano em que o mundo inteiro ficou chocado ao ver Boeings 737 voando sob os céus dos Estados Unidos como verdadeiros mísseis teleguiados rumo aos seus alvos. Era a escrita de mais um capítulo triste na história mundial. Um capitulo de horror que se estenderia por anos, numa guerra sem vencedor.

Acusado de ser o mentor dos ataques, Osama Bin Laden fora procurado pelos americanos durante anos, até seu suposto assassinato em 2011. Para muitos sua morte era uma vingança vitoriosa pelas pessoas que se foram, para outros mais uma atrocidade americana que, a todo e qualquer preço, sacrificou muitas vidas durante os anos que se sucederam nesta caçada.

No local onde ficavam as torres gêmeas foi construído um memorial em homrnagem às vitímas. A reconstrução do Marco Zero de Nova York foi atrasada durante anos devido às divergências entre a Autoridade Portuária e o promotor imobiliário Larry Silverstein, que alugou o complexo de edifícios por 99 anos apenas seis semanas antes dos ataques. O memorial pelas quase 3 mil pessoas que morreram nos atentados foi inaugurado no décimo aniversário dos atentados de 11 de setembro. Uma nova torre, chamada "Torre da Liberdade" foi erguida no local com 104 andares e inaugurada em 2013.


Escrito por Roberto Fernandes

Fontes adicionais:
http://pt.wikipedia.org
youtube.com
Google imagens