Homem processa Google por aparecer urinando no Street View

Um homem processou o Google em um tribunal na cidade francesa de Angers depois de ser fotografado por um veículo do Street View enquanto urinava no jardim de sua casa. Depois que a foto foi publicada no serviço, o homem de 50 anos afirmou ter se tornado piada do povoado, uma comunidade rural de 3 mil habitantes no norte da região de Maine e Loira.


Processo foi aberto em um tribunal de Angers, na França
Foto: Reprodução


"Isso causa um problema democrático, pois todos têm o direito de viver em um certo segredo", disse Jean-Noel Bouillaud, seu advogado. "Nesse caso particular, não é grave, é bastante cômico. Mas se ele tivesse sido pego com outra mulher que não a sua, o problema seria o mesmo", disse ele.

O homem exigiu a retirada imediata da foto e não simplesmente a pixelização do seu rosto, como fez o Google. Ele pediu US$ 10 mil em indenização por danos morais. O advogado do Google Street View, que não teve que se apresentar nos tribunais franceses até agora, pediu a anulação do caso, já que o serviço foi publicado nos Estados Unidos. Considerou também que o procedimento de emergência utilizado não se justifica.

O Google Street View foi lançado em 2007 para complementar o Google Maps e o Google Earth. O serviço usa as fotos capturadas por um veículo, que percorre as ruas equipados com câmeras.
As informações são de  http://tecnologia.terra.com.br