‘Os Homens Que Não Amavam as Mulheres'

O filme adapta  livros da trilogia Millennium, do escritor Stieg Larsson. Na trama, Mikael Blomkvist (Daniel Craig), jornalista e editor da revista Millennium, vê sua carreira cair em desgraça por causa de uma reportagem sobre um grande nome da economia sueca. Para encontrar um novo rumo, Blomkvist aceita a proposta do velho milionário Henrik Vanger (Christopher Plummer), que procura pistas do desaparecimento de sua sobrinha há 40 anos. Nessa busca, Michael acaba cruzando o caminho de Lisbeth Salander (Rooney Mara), uma punk hacker dona de uma personalidade fora do padrão, que tem o dragão do título tatuado nas costas.




O filme conta a história de um investigador/jornalista dessa revista chamada Millenium, Mikael que depois de perder um caso muito badalado de difamação, para uma grande corporação, é convocado por um industrial octognerário (feito por Christopher Plummer possível vencedor do Oscar de coadjuvante por outro filme, Toda Forma de Amar) que deseja saber por que sua sobrinha favorita desapareceu décadas antes. Os suspeitos são alguns parentes que eram nazistas ativos naquela época (apesar da Suécia ter sido neutra). A família toda é muito rica, mas não se dão entre si e não ajudam muito na investigação que se torna mais interessante porque ele contrata como ajudante/pesquisadora uma garota que é toda tatuada e cheia de piercings, que é justamente essa Lisbeth Salander, uma mulher de poucas palavras e muita briga que mantém ligações lésbicas, hacker e mestre em invadir casas e descobrir segredos. Mas também excelente para desenterrar esqueletos dos armários.


Mikael aos poucos se envolve com ela, chegando a ter também uma relação sexual. É quando a versão americana derrapa forçando ao final uma situação que procura tornar a heroína mais normal, mais convencional. 


‘Millenium – Os Homens Que Não Amavam As Mulheres’ estreou em dezembro do ano passado nos EUA e estreará no dia 27 de fevereiro de 2012 no Brasil.