Mais de 50 séries de TV desta temporada criadas com o software de efeitos visuais da Autodesk

Das comédias "The Big Bang Theory" e "Two and a Half Men", aos dramas "NCIS" e "Criminal Minds" e séries de fantasia e ficção científica — a tecnologia da TV rivaliza com os efeitos de Hollywood.


A temporada deste ano na televisão apresenta uma gama impressionante de efeitos visuais (VFX) criados com o uso do software de criação de entretenimento digital (DEC) da Autodesk, Inc. (NASDAQ: ADSK) em thrillers de ficção científica, dramas e comédias, novas séries e o retorno das séries favoritas. Os estúdios de pós-produção estão aplicando técnicas e tecnologias dos filmes campeões de bilheteria para criar uma programação de televisão atraente e imersiva em pelo menos 50 séries desta temporada, das criaturas pré-históricas de "Terra Nova", a recriações de cenas de crimes em "NCIS" e um poderoso tornado em "Criminal Minds".

"Os cronogramas e orçamentos da televisão podem ser de difícil controle — ainda assim, os produtores e o público exigem uma qualidade de cinema", afirma Marc Petit, Vice-Presidente Sênior de Mídia e Entretenimento da Autodesk.

Para a nova série de sucesso da Fox, "Terra Nova", a empresa de efeitos visuais Pixomondo fez uso extensivo do software Autodesk Maya para animar dinossauros críveis e naturais e ajudar a criar o mundo visualmente imaginativo. "O Autodesk Maya é parte integrante do trabalho de efeitos visuais que fazemos em Terra Nova," diz Mark Miller, Gerente Geral e Produtor Executivo da Pixomondo. "Nosso desafio foi criar efeitos visuais com qualidade de cinema dentro dos parâmetros de uma produção para televisão, portanto tivemos que assegurar que fôssemos eficientes e usar as ferramentas certas para o trabalho. Trabalhar com ferramentas padrão da indústria, como o Maya, é fundamental para uma empresa como a Pixomondo, que opera 11 instalações e tem mais de 600 artistas colaborando em projetos ao redor do mundo."

A série "The Vampire Diaries", da rede CW, apresenta transformações físicas impressionantes de lobisomens e vampiros, além de efeitos fotorrealistas de fumaça, fogo e pele fervendo — tudo criado pela Entity FX, com sede em Los Angeles e Vancouver — usando um canal de processamento de produção sincronizada centrado no Maya, integrado com seu software de maquiagem digital próprio. A Entity também criou diversos efeitos para "As Panteras" e "The Secret Circle". "Trabalhamos com o Maya desde antes de ele se chamar Maya", observou Dan Rucinski, produtor executivo da Entity FX. "Estamos sempre dispostos a ver o conjunto de ferramentas se expandir em cada geração, porque à medida que as ferramentas crescem, nossa capacidade de criar se expande exponencialmente."

No episódio de abertura da comédia de humor negro "Bored to Death", da HBO, a Click 3X usou o software de efeitos visuais 3D e elaboração de aparências Autodesk Flame Premium para uma cena complexa, que exigia uma mistura de animação live-action e computação gráfica (CG) fotorrealista com composição avançada. A Click 3X obteve uma aparência encharcada, combinado pinturas opacas e recursos de computação gráfica no software Autodesk Flame. O Artista de Flame Sênior Aaron Vasquez pintou árvores, alterou a iluminação de construções e animou carros, tráfego e até mesmo dublês digitais para completar a cena. "Ao criar efeitos visuais realistas, nosso trabalho é combinar um cenário virtual a um ambiente do mundo real para levar os espectadores para dentro da história", diz o Supervisor de Efeitos Visuais da Click 3X, Theodore Maniatis. “Ferramentas de criação integradas, como o Flame Premium e o Smoke para Mac, nos ajudam a dar o toque necessário de autenticidade."

A MFX, de Los Angeles, tem a reputação de criar ilusões impressionantes para programas de TV não voltados para efeitos. O estúdio confiou em um canal de processamento usando os programas de software Autodesk Flame e Autodesk Flareintegrados com o software Autodesk Smoke para Mac para extensões de cenários digitais, trabalhos com tela verde, ambientes de computação gráfica e monitoramento 3D em algumas das comédias mais populares da temporada: "How I Met Your Mother", "The Big Bang Theory", "Dexter", "Mike & Molly", "Shameless", "Two and a Half Men", "Friday Night Lights" e "Last Man Standing", além do novo drama de sucesso, "Prime Suspect". "Estamos entusiasmados de trabalhar em tal variedade de programas de TV populares, e ainda mais orgulhosos por nesta temporada alguns de nossos efeitos acabarem aparecendo por 10 minutos de tempo de exibição em um único episódio" afirma Rick Redick, produtor de efeitos visuais da MFX Design.

• O novo drama popular "Teen Wolf" pedia um lobisomem adolescente alfa masculino totalmente digital, para o qual aEden Effects usou o software de modelagem, animação,renderização e composição Autodesk 3ds Max. A talentosa equipe da Eden trabalhou também extensivamente nas novas temporadas de "NCIS", "Fringe", "Community", "Chuck", "Pan Am" e "The Playboy Club".
• A FuseFX usou o 3ds Max para a animação em 3D em seus 10-15 programas de televisão ativos em produção — criando sistemas de partículas, visualizações sensoriais, trens e animais em computação gráfica, além de sistemas de tempestades e extensões de cenários em programas tão variados quanto "Criminal Minds", "Glee", "The Good Wife", "Hung", "Luck" e "Alphas".
• A LOOK Effects usou o software Maya para duas séries nesta temporada: "Bones" e "The Finder".
• A Level 3 usou o software de finalização criativa da Autodesk (Flame e Smoke para Mac) para efeitos visuais 3D, finalização editorial, elaboração de aparências e graduação de cor em 50 programas, incluindo: "Alphas", "Castle", "Bones", "CSI: NY", "Drop Dead Diva", "Fringe", "House", "The Office", "Os Simpsons" e "Weeds".
• A Spin Pro usou o software Maya e Autodesk Inferno para duas minisséries repletas de efeitos, "Os Bórgias" e "Titanic".

Comentando sobre a sequência desta temporada, Marc Petit afirmou: "Estamos satisfeitos com o fato de os artistas aplicarem as ferramentas da Autodesk para ajudar a resolver muitos dos complexos desafios de efeitos visuais que eles enfrentam semana após semana e alguns dos programas mais impressionantes em exibição atualmente."

Sobre a Autodesk

A Autodesk, Inc., é líder em software 3D de projeto, engenharia e entretenimento. Clientes nos setores de manufatura, arquitetura, construção, mídia e entretenimento — incluindo os 16 últimos ganhadores do Oscar de efeitos especiais – usam o software da Autodesk para projetar, visualizar e simular suas ideias. Desde o lançamento do software AutoCAD, em 1982, a Autodesk vem desenvolvendo o maior portfólio de programas de software de última geração para mercados globais. Para outras informações sobre a Autodesk, visite www.autodesk.com.br.

Autodesk e AutoCAD são marcas registradas ou marcas comerciais da Autodesk, Inc. e/ou suas subsidiárias e/ou afiliadas nos EUA e/ou em outros países. Oscar/Academy Award é marca registrada da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas. Todos os outros nomes de marcas, nomes de produtos ou marcas comerciais pertencem a seus respectivos proprietários. A Autodesk reserva-se o direito de alterar as ofertas de produtos e serviços, especificações e preços a qualquer momento, sem aviso prévio e não se responsabiliza por erros tipográficos ou gráficos que possam existir neste documento.

© 2011 Autodesk, Inc. Todos os direitos reservados.








Fonte: http://www.segs.com.br/