Filme Real Steel usa a tecnologia Motion Captor


Previsto para estrear em novembro de 2011 Real Steel, estrelado por Hugh Jackman e dirigido por Shawn Levy, usa a tecnologia para representar os movimentos realistas nas cenas. O filme mostra combates entre robôs num período em que as lutas entre humanos são proibidas.

A produção construiu 19 robôs animatrônicos para as cenas com o elenco. Quando os robôs estão lutando entre si no ringue, aí sim entra a captura de movimentos e a computação gráfica. O lendário boxeador Sugar Ray Leonard serve de consultor nas lutas.

A história se passa em 2020, quando o boxe humano foi proibido e robôs humanóides pesos-pesado assumem o espetáculo. Neste contexto estão um pai e seu filho, que treinam um para ser um campeão. Jackman assume o papel do pai, um ex-lutador que só consegue acesso a peças de baixa qualidade para robôs, o que prejudica suas chances - até que ele descobre um robô descartado que vence sempre, chamado Atom.
 
O projeto está em desenvolvimento na DreamWorks e tem orçamento de 80 milhões de dólares, com produção-executiva de Steven Spielberg, Robert Zemeckis, Steve Starkey e Jack Rapke, da ImageMovers.

Veja o Trailer: