Stop Motion

Esta técnica foi utilizada na saga Star Wars, do diretor estadunidense George Lucas e revolucionou o cinema com suas habilidades de efeitos especiais usando o Stop Motion. Outro que chamou (e ainda chama) atenção para o uso desta técnica é o também estadunidense Tim Burton. Em 1982, Burton criou Vincent, um curta-metragem de terror para crianças todo em Stop Motion. Em 2005 o diretor repete a dose, agora em um longa, com A Noiva Cadáver.

O aclamado filme A Fuga das Galinhas (Grã Bretanha, 2000), dirigido por Nick Park e Peter Lord e O Estranho Mundo de Jack (EUA, 1993) de Henry Selick também são bons exemplos de sucesso desta técnica.
Muitos são os trabalhos criados em Stop Motion. Abaixo podemos visualizar imagens de alguns frames e o clip da música Ratamahatta da banda de rock Sepultura.


Sepultura – Ratamahatta (1997)

SOBRE O CLIPE...

O vídeo mostra um ritual de magia negra tribal. A música salienta nomes da cultura brasileira como Lampião, Zumbi e Zé do Caixão. Personagens comuns no país como um pinguço, um mendigo e uma prostituta também participam do video que é uma ode ao candomblé.





O video foi dirigido pelo cineasta Fred Stuhr, falecido no mesmo ano em que produziu o clipe, com apenas 30 anos.




Crie seu próprio Stop Motion


Para criar seu Stop Motion você precisará, primeiramente, de duas coisas: um computador com um programa para a edição de vídeo e uma câmera fotográfica digital. Tendo isso, você precisará agora de personagens, que podem ser bonecos vendidos em lojas ou feitos com massa de modelar.

Dicas importantes

• Planeje sua filmagem – procure elaborar um roteiro, espaço de movimentação dos personagens e cenário para não ter nenhuma surpresa durante a filmagem e acabar perdendo tempo e trabalho.
• Utilize menos quadros por segundo (fps) – vídeos usam 30 fps e fazer isso em Stop Motion dará um bom trabalho. Tente usar 12 ou 15 e você em um bom número!
• Evite movimentar a câmera – quanto menos movimentar a câmera melhor será o resultado final.
• Aproveite recursos do editor – alguns efeitos de movimentação podem ser adicionados na edição, o que poupa trabalho e evita erros durante as filmagens.
• Suavidade de movimentação – para tornar mais real sua animação, suavidade nos movimentos é essencial. Isso pode ser incrementado através do efeito Blur (desfoque) do editor de vídeos.



Leia mais em: http://www.tecmundo.com.br/2247-o-que-e-stop-motion-.htm#ixzz1V9U94jxx